Materiais exclusivos!

7 exercícios para dor no cóccix

O cóccix têm sido uma região muito afetada, levando à muitas pessoas procurar tratamentos no Pilates, na Fisioterapia e em casos mais extremos, na Cirurgia.

Escrito por
Os Pilateiros

7 exercícios para dor no cóccix

Publicado em
9/4/2021
Exercícios para dor no cóccix

Existem pessoas que sofrem de dor no cóccix e isso pode ser mais comum do que podemos imaginar.

A dor no cóccix afeta muitas pessoas, principalmente nos tempos atuais em que o sedentarismo tem tomado conta da sociedade. Muitas pessoas trabalham na postura sentada, no estilo home office ou até mesmo nas empresas, por muito tempo.

Por ficarem um longo período sentadas, acabam fazendo-o de maneira incorreta visando se “acomodar” melhor frente as intensas horas de trabalho, onde acabam por sobrecarregar o cóccix.

Vamos então descobrir o que é o cóccix e o motivo da existência dessas dores nessa região.

O que é o cóccix?

O cóccix é o final da coluna vertebral, sendo formado por 5 vértebras fundidas entre si. É uma estrutura relativamente pequena, mas que desempenha diversas funções como: apoio da coluna vertebral, de músculos, tendões e ligamentos que percorrem essa área.

Existem algumas pessoas que apresentam dor no cóccix em algum momento de suas vidas.

Essa dor normalmente é causada por uma inflamação, consistindo na dor ao redor do cóccix ou em toda sua área.

Algumas atividades de vida diária como sentar, levantar, permanecer muito tempo sentado ou de pé podem piorar o quadro álgico. Defecação e relações sexuais também podem se tornar dolorosos.

A dor no cóccix normalmente desaparece sozinha dentro de algumas semanas ou meses. É rara e quando acontece, afeta mais as mulheres do que homens.

Quais as causas de dor no cóccix?

  • Queda ou pancada: quando ocorre um grande impacto no final da coluna vertebral. Exemplos de impactos sofridos nessa região é quando se cai sentado, ou leva um pontapé em algum tipo de esporte.

    Normalmente essa dor desaparece em alguns minutos ou horas, mas caso não desapareça em alguns dias, um médico deve ser consultado pois pode ter ocorrido uma fratura.

    Em casos de quedas e/ou pancadas, é indicado evitar ficar sentado por muito tempo ou deitar em decúbito dorsal. Você poderá colocar compressas frias logo após o incidente.
  • Esforço repetitivo como é o caso de quem anda muito de bicicleta.
  • Gravidez: nos últimos meses de gestação os ligamentos e articulações se encontram mais flexíveis para permitir a passagem do bebê, provocando dor no cóccix. Nesses casos, a dor pode ser aliviada com massagens, compressas frias e alterações na rotina do dia a dia, como sentar e levantar lentamente ou utilizar almofadas abertas no centro para aliviar a pressão sobre o osso.
  • Má postura: posturas erradas ao sentar para dirigir, trabalhar, fazer suas refeições ou simplesmente para ver TV, pode desencadear dores no cóccix. Isso acontece porque geralmente sentamos de maneira inadequada, escorregando o “bumbum” para frente e apoiando todo o peso no final da coluna, o cóccix.
  • Hérnia de disco lombar: embora seja uma patologia que acomete outra região, a hérnia de disco lombar pode irradiar dor para o cóccix e membros inferiores.
  • Excesso de peso: pois provoca sobrecarga em quase todas as articulações.
  • Envelhecimento: com o avançar da idade os tecidos do corpo vão sofrendo desgastes de diferentes formas, levando a quadros álgicos na maioria das vezes intenso.
  • Quais os principais sintomas de patologias que afetam o cóccix?
  • Os principais sintomas são a dor e perda de sensibilidade na região do cóccix logo acima das nádegas, mas existem alguns outros sintomas associados a estes:
  • Dificuldade em pegar no sono;
  • Restrição na execução das atividades de vida diária;
  • Dores em outras regiões como: costas no geral, nádegas e pernas.
  • Náusea e vômito;
  • Fraqueza muscular em membros inferiores e musculatura do CORE;
  • Dor retal.

Como diagnosticar?

Quando você procura por atendimento médico, ele realiza uma avaliação física criteriosa, logo você deve fornecer todas as informações solicitadas corretamente e provavelmente irá solicitar alguns exames de imagens para confirmar suspeitas. Os exames de imagem mais comuns são:

  • Raio X: importantes para visualizar estruturas ósseas, que é o caso do osso cóccix em si. Apresenta boas imagens para visualizar fraturas por exemplo.
  • Ressonância magnética: boa para visualizar partes moles e nervosas.
  • Tomografia: podem ser úteis nos casos em que há suspeita de patologia intrapélvica, pois as imagens são boas para visualizar partes moles (câncer de ovário, colo do útero, cólon, testículo ou próstata ou suas metástases associadas).

Prevenção contra dor no cóccix

Existem muitas formas de se prevenir as dores de coluna e com a dor no cóccix não é diferente.

Vamos citar alguns pontos importantes para a prevenção da dor no cóccix:

  • Evite ficar sentado por longos períodos, tente levantar e andar regularmente;
  • Quando estiver sentado, tente se inclinar para a frente para retirar a pressão do cóccix.
  • Aplique compressas frias em casos de dor aguda para aliviar a dor.

7 exercícios para aliviar a dor no cóccix

Listamos a seguir alguns exercícios para aliviar a pressão e consequentemente a dor no cóccix.

  1. Ponte: deitado em decúbito dorsal, mãos ao lado do corpo, levante o “bumbum” do chão e retorne à posição inicial.
  2. Gato arrepiado: em quatro apoios, mova a coluna para baixo e para cima, levando a barriga em direção ao chão de depois a coluna em direção ao teto. Mantenha cabeça, ombros e pelve alinhados.
  3. Alongamento Maomé: sentado sobre os calcanhares, flexione o tronco levando as mãos para frente. Coloque a cabeça sobre os joelhos. Mantenha por alguns segundos e retorne.
  4. Swan: em decúbito ventral, mãos apoiadas no chão, empurre e levante a cabeça, estendendo a coluna.
  5. Footwork na bola com a perna cruzada: em decúbito dorsal com um pé sobre a boa e o outro pé sobre o joelho da perna que está na bola. Faça um movimento trazendo a bola em direção ao “bumbum”.
  6. The Hundred: em decúbito dorsal, eleve a cabeça e os membros inferiores com o quadril e joelhos a 90°. Faça movimentos de bater com os braços. Inspire e expire contraindo o CORE.
  7. Rotação de tronco: em decúbito dorsal, joelhos fletidos, pés apoiados no solo e mãos em cruz. Leve os joelhos para um dos lados tentando encostá-los no chão sem movimentar muito a coluna, tentando mantê-la no chão.

Quais os tipos de tratamento existentes para a dor no cóccix?

Existem vários tipos de tratamentos atualmente, os mais comuns são:

  • Medicamentoso: uso de anti-inflamatórios não esteroidais para reduzir a inflamação e uso de injeções de cortisona.
  • Uso de almofada terapêutica para aliviar a pressão do cóccix.
  • Fisioterapia: é o método mais indicado, tanto para prevenção quanto para tratamento. Algumas técnicas e métodos usados são: eletrotermofototerapia, cinesioterapia, liberação miofascial, pilates, quiropraxia, osteopatia, dry needling, ventosaterapia, acupuntura, bandagem funcional e outros.
  • Cirurgia: indicada para os casos que não foram resolvidos com tratamento conservador. A coccigectomia, consiste na retirada do cóccix.

Quer ficar de olho em todas novidades sobre Pilates?

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.