Materiais exclusivos!

Abdominal inferior com bola

Conheça como trabalhar bem a musculatura do Abômen!

Escrito por
Os Pilateiros

Abdominal inferior com bola

Publicado em
1/12/2021
abdominal-inferior-com-bola

O abdominal é uma atividade física que pode ser praticada por qualquer pessoa, independentemente da idade e sexo. Essa atividade promoverá um trabalho muscular específico para a região abdominal inferior, atuando na prevenção de lesões, garantindo um corpo saudável e harmônico.

O treino adequado para a musculatura do abdômen já começa com o alongamento. O principal motivo é evitar sobrecargas nos músculos durante o exercício, que podem causar contraturas e lesões.

O alongamento deve ser feito em casos separados, pois o alongamento depois do exercício pode reduzir a força muscular. Pernas e braços podem receber o alongamento simultâneo, pois ambos os músculos não realizam trabalho durante a execução dos abdominais.

De um modo geral, o exercício físico proporciona mais força, resistência e flexibilidade para os músculos. Por isso é importante manter uma atividade física regular, como por exemplo caminhar na esteira ou subir as escadas.

A cadeia musculotendinosa abdominal inferior recebe limitações decorrentes da idade, do sexo (feminino tem menor massa muscular que o homem), hábitos nutricionais inadequados (hipercalóricos) e lesões musculares.

Outra questão importante a ser lembrada é que o exercício físico deve ser feito com consciência e dedicação. Uma alimentação balanceada, composta por cereais, verduras, legumes e frutas; levar em conta as ingestões calóricas e as atividades físicas regulares são fundamentais para a manutenção da saúde.

Musculatura abdominal inferior e suas divisões

A musculatura abdominal inferior é dividida em duas cadeias:

  • Cadeia lateral superior, que se apresenta na parte superior da região e está representada pelo músculo oblíquo externo do abdômen;
  • Cadeia lateral inferior, que está localizada na parte inferior do músculo oblíquo externo e é constituída pelos músculos reto abdominais (anteriormente denominados deltóide pélvico), o infraespinhoso (na face posterior) e o subescapular (na face medial).

A musculatura abdominal superior fica situada acima da cadeia lateral inferior e se apresenta com os músculos rector descendente do abdômen. Esses são considerados os principais responsáveis pelo alongamento do esôfago devido à participação na manutenção da postura e coordenam o estado de vigília.

Como mencionado anteriormente, existem 6 músculos distintos que compõem a cadeia musculotendinosa abdominal inferior:

O transverso do abdômen

Se localiza na parte central e superior da região.

O apêndice xifóide,

Fica situado entre os processos ilíaco e púbico, em contato com o quadril por meio da bolsa glenóide.

O oblíquo externo do abdômen

Está localizado na parte lateral da região abdominal inferior. Esse músculo recebe ainda denominação de adutor superficial.

O infraespinhoso

É um músculo profundo que se apresenta na face posterior do corpo humano, em contato com o plano ósseo pela cartilagem espinhal.

O subescapular

Fica situado à frente da borda medial do processo coracoide (estrutura óssea) e orientado para baixo e para trás.

O rector descendente do abdômen

É o músculo que forma a linha média da musculatura abdominal e se apresenta como um traçado vertical no meio dos músculos abdominais, sendo dividido em duas partes (superior e inferior) por uma fissura oblíqua transversa.

Praticar abdominal inferior com bola, além de tudo, traz benefícios como ajudar a diminuir a celulite, controlar a prisão de ventre e aumentar o bem-estar.

Para isso é preciso realizá-los com uma boa preparação física e com um profissional capacitado para auxiliar no seu treino. A musculatura abdominal inferior tem mais massa muscular que as outras porque movimentamos o corpo diuturnamente, então é preciso fazer exercícios específicos para esse grupo muscular: abdominais inferiores (com/sem bola), agachamento (em pé e agachado) e flexão de perna (em pé ou sentada). Não se esqueça de fazer alongamentos, como exercícios para os músculos dos braços (polegares para trás), desenvolvimento muscular (em pé nas pontas dos pés e dedos virados para cima) e abdominais superiores.

Saiba mais em Exercícios Abdômen Hipopressivo, Diastase Abdominal.

Quer ficar de olho em todas novidades sobre Pilates?

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.