Materiais exclusivos!

Como iniciar uma aula de Pilates?

Você se formou profissional de Pilates recentemente, e ainda é um pouco inexperiente? Quer aprender como iniciar uma aula de Pilates? Vem que Os Pilateiros te ensinam!

Escrito por
Os Pilateiros

Como iniciar uma aula de Pilates?

Publicado em
7/5/2021
como-iniciar-uma-aula-de-pilates

Se você não faz ideia de como iniciar uma aula de pilates, esse é o post correto para que você possa tirar todas as dúvidas.

É normal que quando o fisioterapeuta ou educador físico termine o curso de Pilates, não saiba como adequar todo o conhecimento adquirido à prática, pois o método Pilates apresenta muitos exercícios com muitas variações dos mesmos, sendo assim é difícil saber qual exercício será bom para cada aluno específico.

Neste post iremos falar sobre o conceito do método Pilates, técnicas de como montar uma aula de pilates, como iniciá-la e como finalizá-la.

Conhecendo o método Pilates

O método pilates foi criado por Joseph Pilates na primeira guerra mundial para tratar os soldados mutilados na guerra e prevenir de sofrerem novas lesões. Joseph Pilates percebeu que cada movimento era importante e precisava ser trabalhado de forma isolada e conjunta, trabalhando corpo, mente e espírito.

Vale lembrar que o método se baseia em seis princípios: respiração, controle, concentração, precisão, fluidez e centralização.

Como montar uma aula de Pilates?

Para que o instrutor de Pilates possa montar uma aula proveitosa, ele deve conhecer bem seu aluno. Para conhecer bem o aluno é de extrema importância a realização de uma boa avaliação física antes de iniciar as aulas.

Feita a avaliação física o instrutor de pilates conseguirá traçar os objetivos das aulas e planejar as aulas de cada aluno. Através dessa avaliação, será possível decidir se o aluno se encaixa em aulas particulares ou aulas em grupo por exemplo.

Alguns dos objetivos mais comuns nas aulas de Pilates são: reabilitação, condicionamento físico e flexibilidade.

Em se tratando de planejamento das aulas, é necessário observar alguns aspectos como:

  • Focar nos princípios do método Pilates;
  • Observar o tamanho das turmas de alunos, para definir se as aulas serão individuais ou aulas em grupo;
  • Levar em consideração o tamanho do seu espaço/ estúdio;
  • Saber todos os acessórios e equipamentos disponíveis;
  • Fazer um esquema com todos os exercícios que serão realizados por determinado aluno, separando os exercícios por equipamentos, pois assim o aluno não precisará ficar passando de um equipamento para o outro o tempo todo.
  • Estar pronto e apto para responder possíveis dúvidas que possam surgir dos alunos em relação ao método Pilates e aos exercícios propostos;
  • Estar pronto para elaborar exercícios diversificados em suas aulas, pois os alunos gostam de inovação nos exercícios, não gostam de realizar sempre os mesmos exercícios.

Como iniciar uma aula de Pilates?

Você deve saber muito bem como iniciar uma aula de Pilates, principalmente se for a primeira aula do aluno, pois essa aula inicial que irá determinar se o aluno ficará ou não.

Antes de mais nada você deve deixar o aluno a vontade, sem solicitar todos os princípios do método. Explique os exercícios que podem ser realizados descalço ou com meias antiderrapantes. Peça também que vá com roupas confortáveis e adequadas para a prática de atividade física.

Na primeira aula de Pilates você deve passar exercícios considerados de iniciantes, ou seja, exercícios geralmente considerados fáceis e antes de iniciar com os exercícios mais elaborados e avançados, você deve ensinar o aluno a respirar de forma correta durante a execução dos exercícios.

Após ensiná-lo a respirar passe alguns exercícios de nível iniciante para que o aluno possa conhecer o método e aplicar na prática tudo que lhe foi ensinado pelo instrutor de pilates.

Aulas de Pilates

As aulas de Pilates devem conter início, meio e fim, ou seja, aquecimento, auge ou pico dos exercícios e resfriamento, sendo que, essas três etapas são de extrema importância para preparar o corpo para a atividade física.

Mas como selecionar os melhores exercícios para compor cada uma das três etapas?

A resposta é mais simples do que parece. Para selecionar os tipos de exercícios que poderão ser usados em cada uma das etapas, basta seguir algumas dicas como:

  • Para a etapa do aquecimento que o momento que o aluno chega no estúdio para iniciar a aula, provavelmente ele estará desconcentrado e desconectado com o ambiente das aulas. Para isso, use exercícios que o conectem com seu corpo e mente, que tragam concentração a ele, como exercícios com foco na respiração, alongamento, mobilização articular e outros nesse contexto;
  • Para a etapa do auge ou pico dos exercícios, passe os exercícios complexos, considerados “difíceis”, que englobam mais de uma musculatura e articulações. Invista em novos exercícios. Nessa etapa você pode ousar e passar exercícios desafiadores aos alunos. Mas lembre-se de passar aquilo que seu aluno consegue fazer e está dentro dos limites dele.
  • Para finalizar, ou seja, realizar a etapa do resfriamento, faça novamente exercícios mais simples e menos desafiadores, como alongamentos e mobilizações articulares.

Como melhorar ainda mais o planejamento de suas aulas de Pilates?

É sempre possível melhorar cada dia mais suas aulas, pois você pode estar sempre buscando inovação e qualidade para seu estúdio e seus alunos.

Algumas maneiras de mostrar melhoria na montagem de suas aulas é mostrar interesse e preocupação com seus alunos, pois isso lhes dá maior sensação de segurança e proteção.

Algumas dicas básicas de cuidados com seus alunos que lhe ajudarão a ter um diferencial no atendimento são:

  • Fique sempre ao lado do aluno, corrigindo sua postura quando necessário;
  • Fique ao lado do aluno para lhe proporcionar segurança durante a execução de alguns exercícios considerados mais desafiadores, pois isso lhes dará mais confiança em enfrentar suas dificuldades e limitações;
  • Verifique os ajustes das molas e cordas antes de executar os exercícios;
  • Incentive seus alunos a sempre se manterem hidratados;
  • Faça variações de um mesmo exercício utilizando diferentes acessórios que possam facilitar ou dificultar os movimentos;
  • Em dias especiais, como datas de aniversário, ou feriados faça algo para desafiar seu aluno, isso com certeza fará com que se torne um cliente fiel. Use de sua criatividade para conquistar seus alunos.

Conclusão

Com tudo que pudemos analisar até aqui, vimos que para montar uma boa aula de pilates não é preciso muito, basta que você tenha bom senso de planejamento e saiba estabelecer corretamente seus objetivos de acordo com cada aluno.

Quer ficar de olho em todas novidades sobre Pilates?

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.