Materiais exclusivos!

Flexibilidade com o Pilates

Saiba tudo sobre a flexibilidade e os fatores que influenciam na flexibilidade corporal!

Escrito por
Os Pilateiros

Flexibilidade com o Pilates

Publicado em
28/11/2020
flexibilidade

Precisamos lembrar que segundo Micheo et al, a flexibilidade é como se fosse um parâmetro fisiológico, dessa forma ela possui uma ligação direta na saúde e na aptidão física, e quando não há um treino de flexibilidade bem feito existe um risco de que lesões ocorram, sem contar que sem a amplitude de movimento você perde o desempenho para realizar até mesmo as suas atividades diárias, ou esportivas, tanto em atletas como em pessoas comuns.

Vale ressaltar que a amplitude de movimentos da flexibilidade só aumenta quando se é implementado os exercícios para alongamento que vão auxiliar no aumento da extensão do músculo em si, e vão ser mantidas por um tempo determinado, a depender do tipo e do tempo de estímulo no grupo muscular.

A base é o estímulo de receptores, e nesse caso é quando os órgãos tendinoso de Golgi e os fusos musculares são ativados, e são eles que fazem o grupo muscular ficar mais sensível a alteração na velocidade, tensão e comprimento trazendo um grande ganho de movimentos articulares.

Os fusos musculares

Os fusos musculares de cada pessoa consistem em ser o principal órgão que se encontra presente no músculo, e é responsável por monitorar a velocidade e duração de cada alongamento, dessa forma é possível detectar alteração no comprimento, sendo possível classificar ele nas características dinâmico ou estático:

Estático

É como se fosse a manutenção em uma faixa determinada no alongamento, em um período de 15 segundos, que só pode ser alcançada depois de uma condução lenta do próprio músculo até um ponto específico, dessa forma seriam movimentos estáticos, dentro do limite do desconforto, em seguida sendo realizada uma manutenção na postura, o estado é considerado o mais seguro e mais tradicional.

Dinâmico

Movimentos realizados que possuem velocidade e são ritmados, sendo considerado mais específicos. São utilizados principalmente como forma de aquecimento de indivíduos que se preparam para realizar atividade física, promovendo o aquecimento do corpo.

O órgão tendinoso de Golgi

O órgão tendinoso de golgi (conhecido como OTG) se encontra em meio as fibras do tendão, e sofre estímulo de alta tensão, por isso ele é classificado como mecanismo para a proteção, sendo responsável por inibir a contração no músculo em que ele está presente.

E segundo Dawson (2001), quando há contração das fibras de extrafusão existe uma força específica que se aplica nesse órgão tendinoso de golgi, e ela vai enviar um tipo de mensagem direto na medula espinal, o resultado é que o músculo agonistas se inibe e o antagonista se contrai.

Dessa forma esse órgão vai aumentar ainda mais o suporte do músculo para que haja o estiramento, e o próprio reflexo dos fusos musculares previnem o alongamento dos músculos. Em sumo a flexibilidade precisa ser trabalhada individualmente, e de formas específicas, isso porque para um bom treino de flexibilidade precisamos lembrar que ela está ligada a vários fatores que você vai conhecer logo abaixo.

Fatores que a flexibilidade está ligada

Conheça abaixo os diversos fatores em que a flexibilidade possui ligação direta, e com o que é preciso ter cautela nos fatores que influenciam na flexibilidade:

  • A idade;
  • O sexo;
  • As patologias existentes;
  • Herança genética;
  • Quanto de tecido adiposo existe no corpo;
  • As lesões musculares;
  • Volume da massa muscular;
  • Tipo de treinamento;
  • O tempo de treinamento;
  • Existem ainda outros diversos fatores que influenciam na flexibilidade;

O treinamento de flexibilidade utilizando o Pilates

Se tem uma coisa que precisa ser levada em conta atualmente, e o quanto é importante uma postura boa e uma coluna alinhada, tanto para os movimentos articulares como para o grupo muscular em si.

Porque sabemos que a maioria das pessoas passam muitas horas na mesma posição, como sentadas de frente para o computador, mexendo no celular, ou até mesmo sentadas em cadeiras desconfortáveis e de tamanho inadequado, e com isso acaba prejudicando a postura e trazendo possíveis problemas futuramente.

Isso porque são necessários níveis adequados de força nos músculos, massa muscular em si e claro flexibilidade, pois eles devem agregar muito para que o músculo esquelético funcione bem, dessa forma, os músculos e as articulações permanecem saudáveis por toda a vida, sem contar que se diminui o risco de lesão muscular, como por exemplo em atletas, visto que o treinamento de flexibilidade adequado melhoram ainda mais seu gesto esportivo e desempenho no esporte por conta da amplitude de movimento.

O que acontece no treinamento do Pilates?

Em meio aos exercícios de pilates para o treinamento de flexibilidade, devem ser realizados exercícios continuamente assim a flexibilidade condicionada é maior em meio a estrutura da articulação, mas para isso existe a necessidade de um profissional capaz e qualificado em meio a todo processo.

A endorfina é um dos hormônios liberados em meio a prática de pilates, e ela é responsável por garantir sensação de prazer e bem-estar ao indivíduo. Além disso, devido ao trabalho da região pélvica, contribui também para a potencialização, desempenho e a disposição em meio ao desempenho sexual de quem pratica pilates.

Benefícios do Pilates na flexibilidade

Dessa forma você sabe dizer quais seriam os benefícios que os praticantes de pilates para a flexibilidade devem receber? Os benefícios são:

  • Prevenir lesão ou encurtamento de um ou mais grupo muscular;
  • Restaurar a amplitude normal do movimento;
  • Restaurar a mobilidade do tecido adjacente na articulação;
  • Alongar o músculo promovendo uma sensação de relaxamento e bem estar;

É importante saber que antes de direcionar uma aula de pilates voltadas para flexibilidade, o conhecimento do público, por exemplo, indivíduos com quadros de citalgia, o alongamento estático deve ser evitado, mas em contrapartida, indivíduos com encurtamento muscular, o trabalho de flexibilidade é bem-vindo.

Lembre-se que estar atento a todas as informações sobre a flexibilidade, visto que é uma valência física muito importante de ser trabalhada, principalmente por proporcionar saúde, e também direcionada para a estética, pois uma pessoa alongada, apresenta padrão postural mais alongado.

Quer ficar de olho em todas novidades sobre Pilates?

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.