Materiais exclusivos!

Tudo sobre a Posição Borboleta!

Você conhece a posição borboleta? Sabe os benefícios e vantagens de se praticar essa posição de exercício?

Escrito por
Os Pilateiros

Tudo sobre a Posição Borboleta!

Publicado em
24/6/2021
posicao-borboleta

Você conhece a posição borboleta? Sabe os benefícios e vantagens de se praticar essa posição de exercício?

Se você não sabe, leia esse post até o fim para aprender todas as informações necessárias sobre essa postura que tem tantos benefícios para o corpo humano.

O que é a posição de borboleta?

A posição ou postura de borboleta é também denominada exercício de Taylor ou Badhakonasana.

Essa palavra tão diferente tem o seguinte significado: Badha – restrito, fechado; Kona – ângulo e Asana – postura. Diante tais significados temos o resultado: postura do ângulo fechado ou mais popularmente postura da borboleta.

Esse nome popular se deve ao formato que as pernas ficam, que se assemelha às asas abertas de uma borboleta.

A postura da borboleta nada mais é que sentar no chão com os pés apoiados sola do pé com sola do pé, abrindo o quadril e alongando adutores de quadril.

Sabe-se que essa postura fortalece os músculos das costas, pescoço, coxas e glúteos, melhora a circulação sanguínea, além de abrir a área da virilha e a articulação do quadril. Essa posição também ajuda a aliviar distúrbios urinários, dor ciática e hérnia, regula o fluxo menstrual e mantém os rins, bexiga e próstata saudáveis. Vale lembrar que a posição da borboleta é excelente para as grávidas, pois as ajuda a se preparar para o parto normal.

Como fazer a posição da borboleta?

Para fazer a posição da borboleta não é difícil e não precisa de equipamentos, ou seja, você pode fazer no conforto do seu lar, ou no seu trabalho caso tenha um espaço para isso.

O ideal é que você esteja com roupas confortáveis, para relaxar a musculatura e sentir todos os benefícios proporcionados pela postura.

Para a postura da borboleta, você deverá se sentar no chão com as pernas dobradas, os joelhos separados e as solas dos pés unidas uma à outra. Mantenha as costas eretas e as mãos no chão ou segurando os dedos dos pés.

Ao sentar na posição, inspire profundamente, e expire. Na expiração, pressione as coxas e joelhos para baixo em direção ao chão e sinta o alongamento na região de adutores de quadril.

Mantenha a posição por no mínimo 1 minuto e repita duas ou três vezes. Você pode realizar esse alongamento por duas a três vezes no dia, durante todos os dias da semana.

Variações da posição da borboleta

Embora seja um único exercício que parece ser pré-determinado, o alongamento borboleta pode ser feito de diferentes maneiras. Algumas das variações possíveis são:

  • Colocar as costas apoiadas na parede, a fim de manter a coluna ereta.
  • Faça o alongamento borboleta deitado no chão, com as costas totalmente apoiada, pois dessa forma sua coluna permanecerá ereta de qualquer maneira.
  • Borboleta (I) – Sentado no chão coloque as solas dos pés unidas, agarre os pés com as mãos e puxe os calcanhares para perto do púbis o máximo que conseguir. Empurre suavemente os joelhos para baixo (em direção ao solo) com os cotovelos. Ao mesmo tempo leve o tronco para frente, tentando alcançar a testa no chão.
  • Borboleta (II) - Mantendo juntas as solas dos pés, coloque as mãos sobre os joelhos e os pressione em direção ao chão. Alivie a tensão e repita novamente.
  • Borboleta (III) - Na mesma posição, coloque as mãos atrás e para os lados, mantendo os braços esticados. Mova os joelhos para baixo e para cima. Esse é considerado um alongamento balístico e deve ser feito sob supervisão.

Benefícios da posição da borboleta

A posição da borboleta apresenta ótimos benefícios para as pessoas que ficam sentadas ou de pé por longos períodos, podendo proteger seus quadris de lesões por uso excessivo e repetitivo.

Dentre os principais benefícios conseguidos com essa postura podemos citar:

  • Melhora da postura;
  • Melhora da circulação sanguínea;
  • Melhora do sistema digestivo;
  • Melhora do ciclo menstrual;
  • Melhora a flexibilidade da região da virilha e quadril;
  • Beneficia o intestino e a evacuação;
  • Melhora o bem estar e a qualidade de vida.

Dicas importantes para fazer a posição da borboleta

Você não deve simplesmente sentar e fazer a postura sem antes tomar alguns cuidados especiais.

Antes de fazer a postura e se beneficiar com a mesma, atente-se para o fato de não ter nenhum problema de quadril, coluna ou joelhos. Caso você apresente patologias em alguma dessas regiões, deverá procurar por um profissional qualificado para que o mesmo possa lhe orientar quanto a correta execução da posição.

Outra dica importante é seguir seus limites, ou seja, nunca force além do que é capaz.

Você também deve aquecer o corpo antes de fazer o alongamento da borboleta.

Contraindicações da posição da borboleta

Esse exercício é indicado para a maioria das pessoas, porém existe algumas que precisam ter cuidado e cautela no momento de executar.

Pessoas que apresentam problemas graves de quadril, coluna lombar e joelho devem ficar atentas ao realizar essa posição e quando possível, fazê-la somente na presença de um profissional fisioterapeuta, qualificado.

Quando a pessoa apresenta algum tipo de patologia nessas regiões, ela não é totalmente contra indicada de realizar a postura, mas deve-se ter cautela no momento da execução, além de saber o momento exato do tratamento de fazer tal exercício.

Gestante e puérperas também devem ter controle total do movimento e de preferência assistidas por um profissional especializado, pois mesmo que seja um exercício de baixo impacto, com risco quase nulo, essas mulheres se enquadram no grupo de risco de qualquer atividade e devem sempre ser monitoradas.

Conclusão

Diante de tantos estudos, podemos dizer que a posição da borboleta, apesar de parecer uma postura simples, é um exercício que apresenta muitos benefícios para quem a pratica.

Além de relaxar e aliviar a tensão da região dos quadris e coluna, a posição da borboleta trabalha os órgãos e sistemas digestivos e urinários, além de aliviar o estresse sofrido no dia a dia.

Quer ficar de olho em todas novidades sobre Pilates?

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.