Materiais exclusivos!

Pilates para recuperação e prevenção de lesões

O Pilates para recuperação e prevenção de lesões pode ser uma boa solução para aquele aluno que vive se machucando ou lesionando em atividades diárias, ajudando a fortalecer todos os músculos do corpo como um todo.

Pilates para recuperação e prevenção de lesões

pilates-recuperacao-prevencao-lesoes

O Método Pilates para recuperação e prevenção de lesões tem inúmeros benefícios já conhecidos, como: melhora do condicionamento físico, estimulação da circulação, aumento da flexibilidade e o alinhamento da postura. Além do mais, o Pilates auxilia na melhora da consciência corporal, coordenação motora, do padrão respiratório, atuando assim na reabilitação e prevenção de lesões.

Para a prevenção de lesões deve haver um planejamento de acordo com a necessidade de cada indivíduo, observando as atividades que o mesmo desempenha e adequando os exercícios para esse objetivo.

Quem busca o Pilates para reabilitar-se de lesões já existentes, deve sempre procurar por um acompanhamento de perto de um profissional da área, que irá elaborar e participar do processo de reabilitação do praticante, evitando assim piora do quadro ou se machuque durante a prática, tudo supervisionado e sem promover riscos.

Para isso, o Método Pilates pode ser uma excelente alternativa para a prevenção e tratamento para diversas lesões. Além disso, a técnica é procurada e vem ganhando muitos adeptos, que vão além de fins terapêuticos, abrangendo fins estéticos e de promoção à saúde, pois são progressivos, regulares e criteriosos, seguindo uma sequência personalizada e adaptada ao objetivo, por meio de aulas dinâmicas e variadas.

Buscando por qualidade de vida, bem-estar e melhora da saúde, cada vez mais pessoas aderem aos tratamentos não medicamentosos, que procuram uma alternativa mais natural, por meio de atividade física, alimentação e cuidado com o estado emocional.

Confira outros artigos: Como dar aula de Pilates?

E com isso, além de atividade física o Método Pilates é visto como estilo de vida, abrangendo além dos exercícios, o aspecto emocional, englobando mente e espírito, dessa forma o praticante percebe transformação na sua forma de encarrar os problemas e levar a vida.

Outro ponto interessante para quem procura prevenção e reabilitação através do Pilates, é o fato de que os exercícios são realizados dentro da amplitude de movimento permitida, com fortalecimento e alongamento global dos músculos. Além disso, apresentam baixo impacto articular, visto como positivo para lesões articulares e influenciando na calcificação óssea.  

Por isso, o Método Pilates é uma modalidade referência para reabilitar e evitar lesões e patologias, e ainda proporcionar outros grandes benefícios com sua prática.

O Pilates no tratamento de lesões

Os exercícios que compõem o método envolvem contrações musculares concêntricas, excêntricas e isométricas, principalmente dos músculos do Power House (Centro de força), que são responsáveis pela estabilidade estática e dinâmica do corpo.

Para a execução dos movimentos, a expiração é associada a contração dos músculos do Power House, gerando aumento do tônus e posteriormente da força muscular.

A partir disso, observa-se como aplicar a técnica em pessoas lesionadas, uma vez que proporcionado consciência a respiração e ativação muscular adequada, os movimentos serão realizados sem gerar sobrecarga indesejada e ativação correta dos grupos musculares. Além disso, os exercícios são realizados dentro da amplitude articular permitida, sem gerar dor.

Para isso é necessária investigação sobre a vida do indivíduo, analisando atividades esportivas, laborais e até mesmo tarefas do dia a dia. Desse modo analisando as possibilidades que levam ao entendimento do problema instalado no organismo, como por exemplo, sobrecarga articular devido a atuação em esporte com alto impacto.

Em pessoas lesionadas, o movimento articular e sua amplitude podem se complicar devido ao processo inflamatório, presença de toxinas e diminuição da quantidade de líquido sinovial, que é decorrente do desgaste, gerando atrito e dor na execução dos movimentos.

Desse modo, danificam o desempenho esportivo, laboral ou de atividades no dia a dia. A ausência de mobilidade é vista como causa limitante no desempenho em esportes e pode aumentar a probabilidade de lesões, como distensões musculares e entorses.  

O Pilates busca promover alongamento associado ao trabalho de fortalecimento muscular, dessa maneira aumentando o tônus da musculatura enfraquecida, aumentando a flexibilidade de músculos encurtados e melhorando a mobilidade articular.

Portanto, com o método, diminuem-se os desequilíbrios musculares entre músculos agonistas e antagonistas, que podem ser eventuais causadores de desvios posturais, problemas ortopédicos e reumatológicos.

São discutidas as diferentes formas de alongamento e movimentos de flexibilidade, comparando sua eficácia e para evitar a instabilidade articular.

No Pilates, elas são realizadas de forma simultânea, de forma ativa ou passiva, estática ou dinâmica; gerando assim efeitos positivos na melhora da flexibilidade do indivíduo.

Estudos tem demonstrado que através do Pilates, ocorreu o aumento da amplitude do movimento articular e fortalecimento da musculatura estabilizadora. Dessa forma, pesquisadores concluem que os praticantes do Pilates, mostram-se corporalmente mais flexíveis.

A flexibilidade dos músculos eretores da coluna e dos isquiotibiais, tem relação com as dores lombares crônicas, isso porque devido ao encurtamento muscular da cadeia posterior leva a anteversão da pelve com tendência a horizontalização do sacro, o que pode estar ligado a incidência de lesões lombares crônicas.

As restrições de movimentos encurtados geram lesões músculo-esqueléticas, dores e dificuldades na realização de movimentos e atividades no cotidiano.

Já na população idosa, o Pilates, quando praticado, geralmente necessita de modificações por causa de doenças crônicas e degenerativas, como artrite e osteoporose, dessa forma irá melhorar a força muscular, densidade óssea, mobilidade do paciente e flexibilidade; refletindo assim na diminuição de dores, melhora na qualidade de vida e sensação de bem-estar. Além do mais, ajuda na manutenção da pressão arterial, oxigenação sanguínea e influencia na melhora da calcificação óssea, evitando fraturas na população idosa.

A prevenção com o Pilates

Como dito, o Método Pilates pode ser utilizado no tratamento e recuperação de lesões corporais, mas ele também pode prevenir lesões, tanto musculares, quanto articulares ou ainda devido a alguma doença de caráter inflamatório.

O método proporciona o alongamento e por consequência relaxamento muscular de músculos encurtados ou tensionados de forma excessiva e, também promove o aumento do tônus muscular, principalmente daqueles que estão enfraquecidos.

Desse modo, o Pilates reduz os desequilíbrios musculares gerados entre os grupos musculares agonistas e antagonistas, que podem ser responsáveis pelas alterações posturais, lesões agudas e crônicas ou ainda problemas reumatológicos.

Uma vez analisado a causa que gerou o problema, busca-se através do Pilates meios para resolução do problema, e para isso podem ser utilizados técnicas que busquem melhora da biomecânica, adequações posturais, fortalecimento muscular, melhora da mobilidade ou ainda da flexibilidade.

Além do mais, por ser um exercício com técnicas que não causam impacto, devido ao número de repetições e movimentos que não geram desgaste articular, é altamente indicado para o tratamento de diversas doenças, e ainda evita lesões.

Uma vez recuperado da lesão e integridade dos ligamentos, tendões, músculos e articulações; os exercícios passam a ser voltados ao condicionamento físico, preparando o indivíduo a sua atividade e melhorando seu desempenho.

Seus movimentos, com sua complexidade especifica, são focados para todo o corpo, de forma simultânea, dessa forma são trabalhados de forma integral, e não isolada, e isso utiliza da sinergia muscular e transferência de força, para que dessa forma tenha-se um melhor equilíbrio corporal. Assim, evitando e combatendo o surgimento de novas lesões.

As sessões de Pilates no Pilates para recuperação e prevenção de lesões

As sessões de Pilates ainda são diferenciadas por estimularem o aluno a adotar um padrão postural mais eficiente e gerar melhora na consciência corporal.

Dessa forma, promover o fortalecimento muscular, melhorar o rendimento esportivo, além de evitar e prevenir danos ao seu preparo físico e condicionamento.

Desse modo, as vantagens e benefícios do Pilates, enquadram-se para a grande maioria da população desde atletas até idosos, auxiliando-os desde a preparação física bem como qualidade de vida.

Na população que praticam esportes, os exercícios terapêuticos buscam auxiliar o paciente na prevenção e recuperação de lesões, que podem ser intensificados, desafiando o atleta e por consequência melhorando sua performance.

Sendo assim, com lesão já preexistente, é fundamental a ajuda de um fisioterapeuta experiente e com conhecimento técnico necessário para o tratamento da lesão ou patologia, dessa forma recuperando e tornando-o apto para retorno aos treinos

Enquanto que em indivíduos que permanecem longos períodos na mesma posição, o objetivo principal é restaurar a mobilidade articular, pois permanecer por horas na mesma posição gera limitações de movimento e encurtamentos musculares, que podem ser responsáveis pelo surgimento de quadros álgicos.

E por fim, é discorrido sobre a população idosa, que apresentam diminuição do equilíbrio e da força muscular, o que pode ocasionar quedas e sérios problemas a saúde. É válido ressaltar que nesse grupo, a osteoporose também é muito frequente, por isso o aumento da massa muscular gera melhora da calcificação óssea e previne a osteoporose.

Desse modo, antes de iniciar a pratica do Pilates, lembre-se de avisar, se existir, alguma limitação ou dor, para direcionar de forma eficiente os movimentos a serem realizados, garantindo assim todas as vantagens e benefícios que o método proporciona

Quer ficar de olho em todas novidades sobre Pilates para dor?

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.