Materiais exclusivos!

Exercícios funcionais para idosos

Os exercícios funcionais para idosos têm sido cada vez mais adotados pelos profissionais de fisioterapia e Pilates para a melhora da qualidade de vida. Quer aprender por quê? Confira o conteúdo abaixo!

Exercícios funcionais para idosos

exercicios-funcionais-para-idosos

Com o avanço das tecnologias e dos recursos em saúde por exemplo, a expectativa de vida da população aumentou muito. Estima-se que em 2050 tenha aproximadamente dois bilhões de idosos no mundo, onde o Brasil provavelmente ocupará o sexto lugar de países do mundo com maior número de idosos.

Com o processo de envelhecimento é comum observar redução da capacidade funcional, diminuição da função dos sistemas osteomuscular, cardiorrespiratório e neuromuscular, redução de massa muscular, redução da coordenação motora e outros declínios.

Dessa forma, os exercícios funcionais para idosos são de grande valia, pois os ajudam a envelhecer com saúde e qualidade de vida.

O que é o processo de envelhecimento?

Nós envelhecemos a cada dia mais, um processo lento e natural da vida. Cada um de nós apresenta diferentes experiências com o processo de envelhecimento, podendo ser ele saudável ou não.

O processo de envelhecer com saúde consiste em práticas de hábitos saudáveis no decorrer da vida e após a velhice, com prática de atividades físicas, alimentação balanceada e outras. Já o envelhecimento não saudável consiste naquele em que o idoso normalmente é uma pessoa sedentária, com hábitos alimentares ruins e outras comorbidades.

O processo de envelhecimento é dividido em duas vertentes:

  1. Senescência: é o processo natural de envelhecimento, apresentando algumas limitações, porém com vida ativa/ normal. Nesse processo, o indivíduo é um ser ativo, com capacidade funcional adequada à sua idade, apresentando autonomia e independência. Nesse processo existem algumas condições que deixam o idoso mais frágil, mas não o suficiente para desabilitá-lo, como: alterações na contração do coração, alterações musculares, alterações posturais, déficit visual e auditivo, déficit de equilíbrio e outras.
  2. Senilidade: é o processo de envelhecimento associado à algumas patologias/ doenças, podendo estas causar incapacidade parcial ou total. Algumas patologias comuns da terceira idade são: hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus, osteoporose, artroses no geral e outras.

É possível envelhecer de forma saudável?

A área da saúde atualmente tem preocupado muito com o processo de envelhecimento das pessoas, fornecendo informações e meios de se envelhecer com saúde.

O SUS é um sistema do governo que visa muito a prevenção de agravos com essa população, além disso, fornece profissionais na atenção básica para cuidar desse processo de prevenção de todos os grupos populacionais.

Por mais que o processo de envelhecimento seja algo natural da vida, é possível envelhecer com saúde e minimizar os efeitos do envelhecimento, basta que procure pelos profissionais e atividades certas que os idosos precisam fazer.

Uma forma de prevenção aos déficits comuns da terceira idade são programas de atividade física que simulem as atividades diárias dos idosos, proporcionando a eles autonomia e independência.

Outra forma bastante comum de atividades diárias para os idosos são as aulas de pilates (ministradas por fisioterapeutas ou educadores físicos a depender do quadro do aluno), que trabalham força, alongamento, equilíbrio e outras funções corporais.

O que são exercícios funcionais?

Muita gente acredita que os exercícios funcionais são exclusivamente para quem tem um ótimo condicionamento físico, mas as coisas não são bem assim.

O treinamento funcional é a combinação de exercícios físicos funcionais que envolvem movimentos básicos do dia a dia e que ajudam a desenvolver força, flexibilidade e equilíbrio, melhorando a resistência.

É comum que muitas pessoas estranhem os exercícios funcionais para idosos, mas eles são totalmente indicados para esse grupo, pois como vimos anteriormente, esses exercícios irão treinar os idosos a executar suas tarefas de vida diária sem correr riscos.

Vale lembrar que todos os exercícios funcionais serão realizados sob supervisão profissional e serão exercícios pensados especialmente e exclusivamente para cada idoso, dentro de suas limitações funcionais.

Quais tipos de exercícios funcionais os idosos podem fazer?

Os exercícios funcionais para idosos podem ser realizados sob supervisão de educadores físicos e fisioterapeutas, a depender do quadro do aluno, se apresentam patologias associadas ou não.

Os exercícios podem ser realizados sem equipamentos ou acessórios, ou utilizando alguns como: cones, bolas, faixas elásticas, bastões, caneleiras, halteres, bosu, disco ou prancha de equilíbrio e outros.

Abaixo listaremos alguns exemplos de exercícios funcionais para idosos mais usados na atualidade:

  • Exercícios para membros superiores: remadas, flexão, extensão, abdução e adução de ombros com halteres ou bastões, flexão e extensão de cotovelos (exercício de rosca) e outros.
  • Tronco: ponte, abdominais com diferentes variações, extensão, inclinação e rotação da coluna vertebral com ou sem acessórios.
  • Membros Inferiores: agachamento, afundo, sentar e levantar, abdução, adução, extensão e flexão de quadril, flexão e extensão de joelhos e tornozelos. Muito importante focar em exercícios de força muscular nessa região para garantir estabilidade ao idoso.
  • Equilíbrio: Ativação de tríceps sural em pé, é um exemplo de exercício que trabalha força e equilíbrio. Além de servir para retorno venoso.
  • Flexibilidade: principalmente de cadeia posterior e membros inferiores.
  • Coordenação Motora: usando exercícios com bolas, movimentos unipodais, habilidades manuais, treinos cognitivos e outros.

Benefícios dos exercícios funcionais para os idosos

Muitos são os benefícios dos exercícios funcionais para os idosos, dentre os principais podemos destacar:

  • Melhora da qualidade de vida;
  • Melhora do condicionamento físico;
  • Melhora dos sistemas cardiovascular e respiratório;
  • Melhora da força e resistência muscular;
  • Melhora da flexibilidade muscular;
  • Melhora do equilíbrio;
  • Melhora da postura;
  • Melhora no desempenho das atividades de vida diária;
  • Melhora do quadro de algumas patologias como: hipertensão arterial sistêmica e diabetes mellitus.

Existem restrições de exercícios funcionais para os idosos?

Existem alguns exercícios que podem ser contraindicados para os idosos, como aqueles que podem desencadear um aumento súbito da pressão arterial.

Cada idoso é diferente, logo seu papel como profissional é se atentar para aquilo que seu aluno apresenta de limitações, sendo assim você conseguirá proporcionar a ele exercícios adequados às suas condições de saúde.

Cuidados especiais com os idosos ao realizarem os exercícios funcionais

Você deve tomar muito cuidado com a população idosa, pois mesmo sendo idosos saudáveis são considerados grupo de risco devido a sua fragilidade.

  • Verifique a pressão arterial sempre que possível e o oriente a sempre aferir os níveis de glicose;
  • Fique ao lado do aluno durante a execução dos exercícios para o caso de ocorrer possíveis desequilíbrios;
  • Evite marcar muitos alunos para o mesmo horário de aula pois com menos alunos você consegue dar mais atenção a cada um;
  • Incentive-o a tomar bastante água;
  • Incentive-o a realizar exercícios considerados seguros em sua casa.

Quer ficar de olho em todas novidades sobre Pilates para idosos?

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.